Os riscos da automedicação

OS RISCOS DA AUTOMEDICAÇÃO

Um hábito muito comum e que, segundo o Ministério da Saúde está entre as medidas responsáveis por complicações graves como reações alérgicas, intoxicações, dependências, aumento da resistência de micro-organismos e inibição da eficácia dos remédios.

O uso descontrolado de analgésicos, por exemplo, pode mascarar doenças ou retardar o diagnóstico de um problema mais grave. Antibióticos utilizados sem necessidade podem tornar as bactérias resistentes.

Por isso, procure sempre um médico e garanta um diagnóstico correto.

 

Imagem: Google 

TELEFONES PARA CONTATO